Carregando...
Brasil e Mundo

Demandas para a agricultura familiar são entregues durante a Show Rural

Ministro Paulo Teixeira recebeu documento produzido pelo Sistema OCB


06/02/2024 16:51
Compartilhe

Demandas prioritárias do cooperativismo para a agricultura familiar foram apresentadas, nesta segunda-feira (5), ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, durante o primeiro dia da 36ª edição da feira Show Rural Coopavel, em Cascavel, região Oeste do Paraná. O documento, assinado pelo presidente Márcio Lopes de Freitas, foi entregue pelo coordenador do Ramo Agro, João Prieto. “O cooperativismo brasileiro é, naturalmente, um fomentador do desenvolvimento rural sustentável e da inclusão produtiva. Por isso, entendemos que a inserção das cooperativas nas políticas públicas da agricultura familiar é sinônimo de disseminação de prosperidade e desenvolvimento para milhares de famílias”, afirmou. 

Os pleitos são direcionados para o tratamento das políticas públicas da agricultura familiar visando a adequada inserção das cooperativas, dado que 71,2% de seus quadros sociais é composto por agricultores familiares, população do campo que, além de assegurar sua renda por meio do negócio coletivo, passa a integrar de forma eficiente um ecossistema que possibilita o fornecimento de alimento à sociedade com qualidade e valor agregado, promovendo prosperidade econômica, social e ambiental.

As demandas apresentadas se referem a dois programas do Ministério que se encontram em fase de reestruturação. O primeiro pedido é para que haja uma atenção especial no processo de revisão e regulamentação do Selo Biocombustível Social (SBS) para que milhares de agricultores familiares inseridos em cooperativas não sejam excluídos desse processo por questões contextuais na habilitação dos fornecedores ao programa, instrumento estratégico no âmbito da Política Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB). 

O segundo aborda a resolução que alterou de 60% para 75% o acesso às linhas de crédito atendidas pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O documento entregue ao ministro destaca a necessidade de retomada permanente do percentual mínimo de 60% de produtores rurais no quadro social das cooperativas para acesso à essas linhas de crédito, que está vigente somente por conta de uma disposição transitória que finda ao final da Safra 2023/24.

Paulo Teixeira reafirmou o compromisso da pasta com o cooperativismo e informou que os pontos destacados no documento serão avaliados com a atenção necessária. O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edgar Pretto, também acompanharam o encontro.

Fonte: Sistema OCB


Tags

sistema ocb

Outras notícias + Lista completa
Sou.Coop